Os Benefícios da Massagem Terapêutica para Seu Pet

massagem-pet

Você já pensou em fazer uma massagem no seu pet (cachorro, gato, etc)? E que tal levá-lo a um massagista com mais frequência?

Apesar do que muitos podem dizer, levar seu animal de estimação para fazer massagens não é um luxo, ou apenas uma modinha.

Animais também ficam doentes, sofrem com estresse e precisam de cuidados especiais, assim como nós, seres humanos.

Algumas das principais indicações para levar o seu bichinho ao massagista são: relaxamento, reabilitação e redução dos sintomas de dores crônicas e persistentes.

Apesar de a massagem exercer as mesmas funções e trazer os mesmo benefícios, acostumar seu animalzinho às sessões de massagem pode não ser uma tarefa fácil.

Procure, primeiramente, acostumá-lo com a massagem de forma bem gradual e lenta. Respeite o ritmo do animal, não o force nenhuma situação que poderá gerar aversão e medo.

Aja de acordo com as respostas do seu pet. Se ele mostrar mais receptividade, aproveite e continue com a massagem. Você pode começar massageando, no início, a cabeça; avançando bem vagarosamente até a cauda.

Mostre confiança e respeite às vontades de seu animal de estimação. Deixe ele perceber que seus toques ou de outra pessoa (profissional) são para ajudá-lo em sua recuperação.

A massagem, como já dito, pode ajudar muito na redução do estresse, melhora da circulação sanguínea, alívio de dores, correção de postura, e outros.

Porém, o principal problema atacado, nos casos de massagem veterinária, é a reabilitação decorrente de problemas relacionados ao avanço da idade.

Com a massagem, seu cachorro ou gato irá ter uma melhora gradual na reversão de atrofias musculares, devido a doenças e velhice.

Irá promover um significativo alívio de tensões, dos espasmos e das fraquezas musculares.

Alívio de dores crônicas e desconfortos em casos de artrite avançada e displasia, devido ao incremento da excreção de endorfinas.

Sem mencionar os efeitos psicológicos benéficos e um intenso bem-estar para o animal.

cachorro-massagem
Massagem Canina

Outras técnicas de massagem também ajudam na recuperação dos casos de ansiedade, hiperatividade e nervosismos excessivos.

Nos animais existem alguns movimentos básicos, que podem ser realizados sempre que necessário: deslizamento, pressão profunda, fricção e vibração.

Um dos problemas enfrentados com os animais é que eles não sabem expressar verbalmente seus problemas e dificuldades.

Sendo assim, o dono do pet deverá informar ao massagista todas reações, sintomas e problemas observados.

Porém, é durante o próprio tratamento de massagem que poderão ser identificados outros males, como tensões musculares, desvios posturais e outros.

Finalmente, juntamente com o diagnóstico obtido de forma objetiva identificada acima, com as informações do responsável pelo animal, o terapeuta ou massagista irá elaborar um plano de tratamento, de forma a conduzir todo o processo racionalmente, ajustado à condição do paciente.

Apesar do tratamento alternativo com massagens, também é recomendável um acompanhamento médico específico, com um veterinário, para alinhamento do tratamento terapêutico com o clínico, eliminando assim qualquer risco, com o aprimoramento do procedimento de cura.

Ao longo do tempo, com a continuidade da massagem, seu animalzinho irá se sentir mais amado, seguro e aceito.

O toque funcionará como uma ampliação de sua comunicação com ele, intensificando a amizade e carinho mútuo, ajudando no relacionamento entre vocês.

Compartilhe este conteúdo!

1 Comment

  1. Meu cachorrinho sente muitas dores nas pernas. Às vezes só de fazer carinho ele reclama. Já fui em um veterinário e ele tem problema de má circulação. Estou pensando em levá-lo em algumas sessões de massagem para tentar aliviar as dores dele, depois de ler este artigo.
    Não sabia que existiam serviços especializados para isso. Muito interessante, espero que consiga ajudar meu amigo.
    Obrigada pelas dicas de massagem do blog!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *